Conheça os tipos de manchas na pele

O sonho de toda mulher é ter uma pele lindamente uniforme, totalmente livre de imperfeições e manchas, não é mesmo? Porém, a gente sabe que na prática ter uma pele tão perfeita é quase impossível!

Praticamente toda mulher tem um ou alguns tipos de manchas na pele causados pelas mais diversas razões. Por isso, nesse texto vamos abordar os tipos de manchas mais comuns e quais são os tratamentos mais indicados para cada um.

Manchas senis

Essas são as manchas relacionadas ao avanço da idade, costumam aparecer a partir dos 40 anos de idade, especialmente naquelas pessoas que não cuidaram e protegeram a pele dos efeitos do sol.

Esse tipo de mancha tem uma cor amarronzada, geralmente de formato arredondado e podem ter tamanhos variados. As regiões do corpo nas quais elas mais aparecem são: mãos, braços e pescoço.

Para as manchas senis, existem diversos tratamentos atualmente para eliminá-las. Quando as manchas são mais recentes o indicado são procedimentos com luz intensa pulsada, em casos intermediários peelings abrasivos. Já em estágio mais avançado, a remoção com laser é a mais recomendada.

Atualmente existem vários tipos de tratamentos para combater as manchas senis

Sardas

As sardas são mais comuns em pessoas brancas, especialmente ruivas e loiras. A predisposição genética é a principal causa, mas uma exposição à radiação solar excessiva e constante ajuda a desencadear as manchinhas. Para quem quer eliminar as sardas os tratamentos com luz intensa pulsada são os mais indicados.

Melasmas

Esse é um dos tipos de mancha mais comuns nas mulheres, especialmente durante e após a gestação (em torno de 70% das mulheres), uma vez que uma das principais causas são alterações dos hormônios femininos, e além dessa exposição solar e predisposição genética.

De tom acastanhado, o melasma é uma mancha grande que costuma aparecer de forma simétrica no rosto, principalmente nas bochechas, testa e nariz. Infelizmente, ainda não há cura, nenhum tratamento é 100% eficaz, peelings, ácidos e laser, são capazes de clarear as manchas, mas o tratamento deve ser contínuo.

Fitofotodermatite

É uma mancha de tom amarronzado, com fundo avermelhado, que surge quando manuseamos frutas cítricas como limão e em seguida expomos o local ao sol, sem ter lavado adequadamente a área que teve contato com as frutas. Em alguns casos, há a formação de bolha, como se fosse uma queimadura. O tratamento, geralmente, é feito com uma pomada antialérgica que fará a mancha desaparecer e sem deixar cicatrizes.

Dermatite de contato

São manchas marrons que se apresentam em diferentes tamanhos e formatos resultantes de uma reação alérgica causada por algum produto ou alimento. Podem aparecer em todas as regiões do corpo.

Neste caso, o primeiro passo é identificar a causa da alergia e suspender o uso deste produto/alimento. Essas manchas, geralmente, desaparecem naturalmente com o tempo, mas pode-se usar alguma pomada para acelerar o processo.

Vale ressaltar que é fundamental consultar um dermatologista quando uma mancha aparece, pois algumas manchas podem indicar alguma doença. Além disso, o melhor é prevenir!  Utilize protetor solar diariamente!

 

Você tem manchas na pele? Já fez algum tipo de tratamento? Conta aqui embaixo nos comentários.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *